quarta-feira, 4 de março de 2015

Durante e perante

Amigo Espírita,

São chegados os tempos! A Boa Nova é em ti como as flores brotam no campo. Vá e faça. Temos te instruído com a precisão de um camartelo. Repassemos então algumas lições aprendidas:

Durante a turbulência, seja a calmaria;

Durante a tempestade, seja a bonança;

Durante a ira, seja a pacificação;

Durante a agração, seja a indulgência;

Durante a raiva, seja a tranquilidade;

Durante o ódio, seja o amor;

Durante o escárnio, seja a tolerância;

Durante o temor, seja a coragem;

Durante a treva, seja a luz;

Durante a ignorância, seja o esclarecimento;

Durante a mentira, seja a verdade;

Durante a dor, seja o consolo;

Durante a tristeza, seja a alegria;

Durante a solidão, seja a companhia;

Durante a mágoa, seja o consolo;

Durante o sofrimento, seja a fortaleza.

Inevitavelmente te conduzirá frente ao trabalho:

Perante o erro, distribua o acerto;

Perante a dor, dissemine o exemplo;

Perante a violência, espalhe a caridade;

Perante a tirania, divulgue o amor;

Perante a calúnia, estimule a benevolência;

Perante a traição, revigore a conciliação;

Perante a maldade, compartilhe a gentileza;

Perante o inimigo, ofereça a outra face.

Trabalhe, são chegados os tempos.

Koilash, um Espírito Nabateu.

Quão grande é o teu Deus?

Sim, mensageiro, é verdade. Estás numa das locações mais assombradas da história do teu Estado. Foram milhares de mortos exatamente neste lugar onde te encontras.

A hospedagem onde estão foi construída no exato local onde se deram algumas das batalhas mais violentas entre índios e portugueses. Muitos corpos foram enterrados por aí mesmo, em cova rasa.

O sangue escorre por essa terra vermelha. A evangelização matou e lançou sementes. É o que acontece quando se faz algo por interesse e ganância. Muitos mortos e poucos batismos.

Mas ficou o registro da História, mostrando que o interesse da igreja romana por terras e ouro, sempre foi mais forte do que o acolhimento de almas para Jesus.

Resta saber, quão grande é o teu Deus? Estás disposto mesmo a recolher essas criaturas penadas com a ajuda dos Espíritos elevados? Vai precisar de muita fé, paciência, coragem e misericórdia. Conheces o caminho, siga-o.

Jesus se entregou por milhares de bestas ignorantes, sem esperar nada em troca. É hora, portanto, de contribuir, dar algo de ti. Serás então provado, testado, humilhado, importunado, injuriado e perseguido.

Tudo que precisas fazer é levantar os olhos aos céus e orar com fervor ao Pai. Ore muito.

Buda, Dharma e Sanga estarão contigo, bem como Patãnjali, o Yogue e Cirineu. Além de muitos outros Espíritos de Escol, por isso não desista.

Lança-te com amor e compaixão entre os espíritos esquecidos, ensina-os, ajuda-os e indica-lhes o caminho da Luz. Você foi colocado aí para isso, resgatar das garras do sofrimentos as almas injustiçadas pela ganância dos teus antepassados.

Misericórdia Senhor!

Hai Patãnjali, o Desperto em Buda, Espírito servo do Grande Carpinteiro Zelote.